Jueves 23 de Noviembre de 2017
El portal de la papa en Argentina
0%Variación precio
puestos MCBA
  • Intervalos nubosos con lluvia débilBalcarceBuenos Aires, Argentina
    - 23°
  • DespejadoVilla DoloresCórdoba, Argentina
    20° - 35°
  • DespejadoRosarioSanta Fe, Argentina
    13° - 28°
  • DespejadoEstacion UspallataMendoza, Argentina
    - 25°
  • DespejadoCandelariaSan Luis, Argentina
    15° - 33°
  • Intervalos nubososChoele ChoelRío Negro, Argentina
    12° - 29°
  • Intervalos nubososSan Miguel de Tuc.Tucumán, Argentina
    16° - 31°
Ampliar
 Buscador de Noticias
Latam 09/01/2017

Brasil (Minas Gerais): Produção de batata deve crescer 30,86%

Para Minas, que é o maior produtor do País, a expectativa é alcançar 1,6 milhão de toneladas ao ano.

A produção de batata, em Minas Gerais, vai manter o crescimento ao longo da década 2016/2026, devendo chegar a 30,86%. A maior variedade de cultivares voltadas para o consumo in natura, para a indústria, e mais resistentes às pragas, além do avanço das tecnologias, são fatores que sustentarão o incremento. Os dados são do estudo “Projeções do Agronegócio – Minas Gerais 2016 a 2026”, divulgado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

Minas Gerais se destaca como o maior produtor de batatas do País. Em 2016, foi verificada produção de 1,2 milhão de toneladas. Com condições favoráveis para a cultura, desde o clima até as características de solo, a produção de batatas ocorre ao longo de todo o ano, gerando emprego e renda, desde as lavouras até o processamento industrial.

Em 10 anos, a produção estimada passará dos atuais 1,22 milhão de toneladas para 1,6 milhão de toneladas, um crescimento anual de 2,73% e de 30,86% na década. Em relação à área plantada, o avanço em 10 anos será de 11,84% somando 43 mil hectares.

No último decênio (2005/2015) foi verificada expansão de área colhida de 8 mil hectares, representando um crescimento de 21% e aumento da produção de 246 mil toneladas, com acréscimo de 45%. A produtividade maior no período foi destaque e deve continuar em expansão nos próximos anos em função do maior uso de tecnologias e de melhoria nas práticas de manejo da cultura, como controle de pragas e uso de irrigação.

Além de abastecer o mercado mineiro com a batata in natura, a produção excedente é destinada a outros estados, principalmente para São Paulo. Em relação à batata industrializada - palha, chips e pré-frita congelada - ocorrem importações devido à deficiência de plantas industriais que atendam a toda demanda do Estado. A produção do tubérculo ocorre em 10,5% dos municípios mineiros, totalizando 90, dos quais 60 estão localizados na região Sul.

“A produção de batatas em Minas Gerais é crescente, principalmente, a voltada para a indústria, que investe, cada vez mais, nas linhas de alimentos pré-prontos. A facilidade e a agilidade no preparo têm despertado a atenção do consumidor, e isto estimula a atividade”, disse o coordenador técnico estadual de Olericultura da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), Georgeton Silveira.

Ainda segundo Silveira, a produção de batatas tem avançado significativamente na região do Alto Paranaíba, onde estão concentradas grandes empresas processadoras. Além das plantas industriais, o relevo mais favorável à mecanização também tem atraído novos produtores. As batatas produzidas na região, por serem voltadas para a indústria, são de variedades diferenciadas e apropriadas para cada tipo de uso, seja para a fritura ou para o cozimento, por exemplo, o que não ocorre com o mercado in natura no qual o consumidor não diferencia a batata conforme o uso.

Fuente: http://diariodocomercio.com.br/noticia.php?tit=producao_de_batata_deve_crescer_30,86&id=176780


Te puede interesar