Domingo 29 de Noviembre de 2020
El portal de la papa en Argentina
-6.9%Variación precio
puestos MCBA
  • Cielos nubososBalcarceBuenos Aires, Argentina
    11° - 26°
  • Intervalos nubosos con chubascos tormentososVilla DoloresCórdoba, Argentina
    19° - 31°
  • Cielos nubososRosarioSanta Fe, Argentina
    19° - 30°
  • Intervalos nubosos con lluvias débilesEstacion UspallataMendoza, Argentina
    13° - 27°
  • Intervalos nubosos con chubascos tormentososCandelariaSan Luis, Argentina
    21° - 33°
  • Intervalos nubososChoele ChoelRío Negro, Argentina
    15° - 26°
  • Cielos nubosos con chubascos tormentososSan Miguel de Tuc.Tucumán, Argentina
    20° - 31°
Ampliar
 Buscador de Noticias
Latam 23/10/2020

Brasil: Dólar inflaciona custos de produção na bataticultura

Um forte impacto da pandemia de coronavírus no Brasil foi a valorização do dólar frente ao Real .

Um forte impacto da pandemia de coronavírus no Brasil foi a valorização do dólar frente ao Real – o que, por sua vez, inflacionou os custos de produção da bataticultura nacional, já que encareceu os valores de importantes insumos da atividade e de máquinas e implementos agrícolas. Como destacado na edição de outubro da revista Hortifruti Brasil, o maior efeito do dólar foi observado para a safra das águas 2020/21, visto que os insumos, máquinas e implementos agrícolas já foram reajustados integralmente pela valorização da moeda norte-americana.

Assim, a previsão é de reajuste de 6,7% no custo total de produção por hectare na temporada 2020/21 frente a 2019/20. Na safra das secas/inverno 2020, o repasse da alta do dólar foi menor e dependeu muito do calendário de compra de insumos do produtor e das condições da negociação.

No geral, observou-se que os preços dos defensivos não aumentaram na mesma proporção que os fertilizantes – ao contrário, alguns desses valores foram até inferiores aos observados em 2019. Mesmo no caso dos fertilizantes, o momento da aquisição foi crucial para a determinação dos preços e, consequentemente, do custo de produção.

Na temporada de inverno 2020, as estimativas para a região de Vargem Grande do Sul (SP) são de altas de 6,5% dos custos totais de mesa para média escala de produção e de 5,4% para a grande escala. Além do dólar, a mudança do peso da saca comercializada – de 50 kg para 25 kg – também elevou os custos, já que é pequena a diferença entre os preços.

Quer saber mais? Confira os efeitos da valorização do dólar na produção de batata para indústria de chips e de pré-frita, acessando o Especial Batata 2020, aqui.

Fuente: hfbrasil.org.br/


Te puede interesar